Vantagens e Perigos do GPS durante sua viagem

Vantagens e Perigos do GPS durante sua viagem
Tempo de Leitura: 5 minutos

Antes de começar a falar sobre a vantagem e os perigos do GPS, vamos falar sobre o que é o GPS.

Afinal muitas pessoas usam, mas não fazem ideia do que é, por isso vamos começar explicando.

O que é o GPS?

O termo GPS significa Global Positioning System, que nada mais é do que um sistema de navegação por satélite.

Inicialmente esse aparelho foi criado para uso militar, a localização da pessoa é realizada através do envio das informações ao satélite. A determinação do local da pessoa é realizada através do tempo de envio do sinal para o satélite.

Essa tecnologia é recente, ela foi usada pela primeira vez na Guerra do Golfo em 1990. Somente alguns anos depois ela foi liberada para uso civil.

O aparelho que usamos no dia a dia é bem mais simples do que os modelos usados me aviões e navios por exemplo. Esses modelos mais sofisticados dos aparelhos podem chegar a custa lago em torno de 50 mil dólares.

Atualmente milhões de pessoas usam o GPS diariamente e para isso existem mais de 30 satélites espalhados ao redor da terra para receber e enviar essas informações.

A precisão desses aparelhos está cada dia melhor, existem alguns modelos que chegam a ficar com algo em torno de 1 a 5 metros.

Os modelos mais usados

No dia a dia os modelos de GPS que mais usamos são os integrados nos automóveis e o dos smartphones.

Primeiramente vamos falar sobre o modelo integrado que são os dos automóveis.

Modelo Integrado

O modelo integrado geralmente está presente em carros que tem a central multimídia.

Mas hoje em dia com os modelos disponíveis para o smartphone será que esse modelo integrado é mais seguro? Vamos levantar alguns pontos.

Algumas vantagens desse modelo:

Não fica sem bateria, não cai a conexão, dificilmente será roubado e não atrapalha na direção.

Algumas desvantagens para esse modelo:

Não tem atualização em tempo real, ele deve ser atualizado via bluetooh. Por essa falta de atualização em tempo real, informações sobre mudanças e obras por exemplos nas estradas ficam perdidas.

Bom, pensando nos prós e nos conta esse modelo pode ser utilizado em locais por exemplo que o smartphone fica sem sinal, mas lembre-se sempre de atualiza-lo ante de pegar a estrada.

GPS dos Smartphones

Nos smartphones existem dois tipos de tecnologias de posicionamento global o GPS e o A-GPS.

Os aparelhos com GPS têm esse retorno de posicionamento mais demorado, já que essa conexão entre o aparelho e o satélite nem sempre é tão rápida.

Já o A-GPS realiza essa primeira conexão direcionada para o satélite, mas procura também as torres de celulares locais para se orientar, assim as informações chegam em uma velocidade maior.

Essa nova tecnologia chamada de A-GPS faz com que o GPS em si tenha uma resposta mais rápida e que mantenha por mais tempo a conexão com o satélite.

E uma das maiores vantagens desse tipo de tecnologia é a atualização constante das mudanças que acontecem nas estradas.

Os aplicativos mais utilizados em smartphones

No Brasil atualmente os dois aplicativos mais utilizados para navegação é o Google Maps e o Waze.

Ambos são bem semelhantes e ao mesmo tempo tem algumas diferenças que podem fazer diferença na hora da utilização.

O Waze é um aplicativo que procura trazer uma experiencia mais coletiva para seus usuários. Em 2018 já passa de 90 milhões de usuários ativos mensalmente.

O Google Maps traz uma boa variedade de serviços, mas o foco é na experiência individual, e o aplicativo já ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários.

 Waze

Esse aplicativo foi desenvolvido exclusivamente para motoristas, por isso ele não é tão recomendado para pedestres. Por esse motivo ele não oferece informações como transporte público.

Vantagens

As maiores vantagens do Waze são os alertas de acidentes, radares, perigos na via, lembretes como ligar os faróis nas rodovias.

Também é possível salvar os endereços mais usados e o planejamento da rota, levando em consideração os lugares com maiores picos de trânsito. Ele também indica postos de gasolinas e estacionamentos próximos a rota utilizada.

Desvantagens

Uma das principais desvantagens desse aplicativo é o excesso de informações na tela, isso muitas vezes podem confundir o motorista.

O Waze tem todas essas informações na tela, porque ele funciona também como uma rede social para motoristas.

Os motoristas podem trocar informações instantaneamente na tela, o que gera muitos alertas de mensagens.

Mas o Waze permite que você desabilite essa função de bate-papo e dos wazers ao seu redor.

Outro problema do Waze é que se o motorista pega um caminho que ele conhece que é melhor do que o aplicativo sugeriu. Ele ficará traçando novas rotas para que o motorista volte para a rota que ele deseja.

Também já foram relatados erros no aplicativo com a indicação de congestionamentos que já não existem mais.

Google Maps

O Google Maps é mais completo porque além de motoristas ele também comtempla pedestres. Ele traça rotas para quem está a pé, de ônibus, de bicicleta ou de carro.

Desvantagens

Infelizmente ele não avisa sobre eventos recente que ocorrem nas rodovias isso inclui acidentes, nem radares de velocidades.

Vantagens

Se você precisar fazer qualquer alteração na rota, ele recalcula mais rapidamente oferecendo um novo trajeto a partir do ponto que você está.

Você também pode adicionar mais de um ponto de parada durante seu trajeto.

O app também traz informações como os nomes das ruas, as faixas que o motorista precisa permanecer para pegar determinada entrada, além de pontos cardinais e colaterais durante o caminho.

Ele mostra muito mais estabelecimentos como bares, hospitais, farmácias, correios, supermercados, o que o torna mais útil se você está em um lugar que não conhece.

Outra possibilidade que ele oferece é que você pode baixar um mapa de um local e depois acessa-lo offline, mas essa opção é disponível apenas para ser utilizada por carros.

Conclusão

Antes de pegar a estrada sempre de uma conferida antes no trajeto, para ter certeza que o aplicativo não vai te levar para algum local errado.

Mantenha sempre seu GPS atualizado seja o modelo integrado ou via smartphone.

Muitos erros desses aplicativos ocorrem porque o sistema estava desatualizado ou pela queda na conexão.

Se você perceber que sua conexão caiu, pare o carro, espere a conexão retornar e reveja se o endereço está correto.

Quando colocar o endereço no GPS verifique se está correto, muitos enganos acontecem por equívoco de informações.

Por exemplo a rua fica no Jardim Paulista e a pessoa coloca Bairro Paulista, esses erros podem levar para localidades totalmente diferentes. O que coloca muitos usuários em perigo dependendo da região em que ele está.

Para utilizar o dispositivo com segurança, instale um suporte no painel do carro, assim ele ficará na sua linha de visão.

Qualquer alteração que necessitar fazer no trajeto, procure um local e estacione o carro para realiza-las, assim evita-se acidentes pela distração ao mexer no dispositivo.

O modelo que você irá utilizar seja integrado, Google Maps ou Waze precisa sempre estar atualizado, para evitar erros de trajeto.

Verifique sempre o endereço, se está correto antes de colocar o endereço no GPS.

E se durante o trajeto você perceber qualquer erro do GPS, pare o carro e reinicie o aplicativo e coloque novamente o trajeto.

Seguindo essas dicas provavelmente você terá uma viagem tranquila guiada pelo GPS.

 

Viagem de carro para o Thermas

Porque escolher o destino Olímpia para suas férias

Como Chegar em Olimpia?

Hot Beach X Laranjais: Qual a melhor opção de parque aquático em Olímpia?

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!